Seguidores

quinta-feira, 18 de agosto de 2011

Clichês que eu não uso

Sabe as coisas que as pessoas dizem quando não tem o que dizer ou quando não sabem o que dizer? Ou só dizem por dizer? Eu não digo e me passo por esquisita.

Exemplos:

-Cedo ainda! [usado quando a visita está indo embora]
Eu posso não querer que a visita vá embora, mas não digo 'cedo ainda'. Aí, parece que na verdade eu quero que ela vá e me passo por esquisita e mal educada. E outra, não gosto de constranger ninguém e como me sinto constrangida quando alguém insiste pra eu ficar quando tenho que ir embora, não faço o mesmo.

-Não repara na bagunça... [quando a visita chega e a pessoa não arrumou nada em casa, mesmo sabendo que teria visita]
Ora, se eu sabia que teria visita, que arrumasse! E talvez ela nem repare mas se eu falar ela vai reparar. E também, se ela veio em casa é porque gosta de mim, logo, não vai ligar pra bagunça. Não digo isso mesmo e me passo por esquisita, por desleixada que não justificou a bagunça da própria casa.

-Não precisava! [quando ganha um presente]
Então se não precisava, eu devolvo? Não tá precisando então o presente não tem serventia? Ah...não precisava o caramba, todo mundo gosta de ganhar presente! Não digo 'não precisava' e me passo por mal educada de novo. Como se eu tivesse que confortar a pessoa por ter me dado um presente! O que eu devo fazer é agradecer e pronto! Gente...quem popularizou esse não precisava devia ser preso. Ô coisa mais besta de se dizer rs

-Imagina... [quando alguém diz 'não precisava' a pessoa responde com um 'imagina!']
Também não digo 'imagina!'. Fico quieta com cara de paisagem, aí a pessoa que disse 'não precisava' pensa: "acho que ela tb pensou que não precisava..ou pensou que eu não gostei do presente..."

Vai ver eu é que sou a esquisita mesmo.

Um comentário:

  1. Adorei! vc tem razão, mas as vezes sai automáticamente... rsrs

    ResponderExcluir